quarta-feira, 12 de março de 2008

Relatos (2)


possíveis versos
vértices
que se inventam
estreitos
olhares adversos
espalhando Eus
após Eu
outros semelhantes
versos
que vertem
rotineiros segredos
outros
que não se guardam
no tempo
versos
que explodem
nas folhas
sinais de desassossego...

2 comentários:

(l' excessive) disse...

Oi, Sérgio!
Legal teu Fotopoesilha.
Vou linkar pra voltar mais seguidamente.
Uma abraço

Sergio LdS disse...

Volte sempre! Abraços!