segunda-feira, 7 de abril de 2008

Bergen (4)


Entre meu encontro com a Cidade
e a despedida
instalaram-se os mares
e as estações.

Assim mesmo
tento conter na alma
a essência da construção
humana que é a proximidade
sem ser geografia...

Eu permaneço naquele lugar
disposto a lapidar os dias
e o destino ...

- Uma cicatriz me sentencia
ao retorno.


Foto: Bergen - vista do Monte Floyen

Um comentário:

Vieira Calado disse...

Volta-se sempre ao lugar donde partimos...
Cumprimentos